Com uma dívida que totaliza mais de R$ 800 milhões, os clubes de futebol são responsáveis por uma fatia da crise pela qual passa a Previdência Social do Brasil. O Flamengo lidera a lista de devedores, somando mais de R$ 83 milhões a ser quitada, algo que deve começar a acontecer no próximo ano, por conta do Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut), acordo celebrado com o governo para parcelar as dívidas ativas das agremiações.

Bookmark e Compartilhe

Notícias Relacionadas:


Leia mais no Site do Autor