Resposta ao prefeito que vetou o projeto de castração de animais e sobre a nota dele; Compartilhe!
(Foto: Arquivo)

De forma ridícula, o senhor prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), divulgou uma nota repudiando a notícia publicada no Jornal de Sergipe referente ao projeto para castração de animais de autoria do vereador Dr. Emerson Costa. O prefeito vetou, por duas vezes, o projeto do vereador que foi aprovado por unanimidade na Câmara de Vereadores de Aracaju. O projeto trata da esterilização de animais abandonados.
O Jornal de Sergipe divulgou uma matéria falando sobre o assunto. O vereador ocupou o Pequeno Expediente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) para lamentar o veto. Em nota divulgada em sua página no Facebook, João Alves acusou o Jornal de Sergipe de passar as informações de forma "equivocadas, maldosas e tendenciosas de forma imoral e indevida". Ele disse ainda que "Nunca, em momento ALGUM, nos ausentamos da responsabilidade com o controle populacional dos animais de Aracaju". Senhor prefeito, é uma piada?

Prefeito assinou o veto

Convidamos os internautas que têm real interesse na causa animal, exceto alguns funcionários da prefeitura (cargos comissionados) que só se importam em manter seus interesses (cargos), ou pessoas alienadas, que postam comentários agressivos sem ao menos tomar conhecimento da notícia, para conversar com as diversas ONGs que lutam pelos animais, inclusive, pela aprovação do projeto. Vamos citar duas: Anjos de um Resgate e Elan Animais.
O projeto foi aprovado por unanimidade pelos vereadores, mas o prefeito vetou. O parlamentar conversou com o prefeito João Alves e mostrou a importância do projeto, ele mandou que reapresentasse e disse que seria sancionado. O vereador Dr. Emerson fez isso, os vereadores novamente aprovaram o projeto este ano por unanimidade, mas infelizmente o prefeito vetou. Alguns funcionários da prefeitura chegaram a divulgar nas redes sociais que a notícia que postamos era mentirosa e que não houve o veto. Então, falsificaram a assinatura de João Alves? (foto).

Prefeito chama de "notícia tendenciosa"

A justificativa do senhor prefeito, dada através de nota divulgada em sua página pessoal, é que o projeto "carece de questões legais e administrativas que impedem a sanção efetiva do projeto", mas aos vereadores disse que considerava "inconstitucional". Senhor prefeito, chamar o Jornal de Sergipe, o site da Câmara Municipal de Aracaju, entre outros meios de comunicação que também divulgaram a notícia de "mídia tendenciosa" não muda o fato do senhor ter vetado o projeto tão importante, por duas vezes, isso mostra como o senhor se importa com a causa animal, isso demonstra o amadorismo que o senhor e sua equipe administra a prefeitura. O senhor não esperava que a notícia rendesse mais de 100 mil acessos, causando uma imagem negativa próximo às eleições. Uma coisa é certa, depois desse acontecimento a prefeitura vai dar a devida atenção para a causa (temos certeza de que o castra móvel será adquirido o mais rápido possível, para tirar essa imagem negativa de prefeito que não liga para os animais), e se não der, como nunca deu, vamos continuar à disposição das ONGs para divulgar os absurdos de qualquer gestão. Acredite, não é pessoal!
Já que o senhor gosta de copiar as coisas e realizar de forma malfeita, a exemplo do Bus Rapid Transit (BRT), que não teve a capacidade de instalar as plataformas, aliás, a gestão não tem capacidade de cuidar dos terminais de ônibus que já existem e estão prestes a desabar, como mostramos em uma notícia “TENDENCIOSA” aqui no portal (Terminal de ônibus pode desabar a qualquer momento, aponta vistoria do Crea), recomendamos que o senhor copie o prefeito de Salvador, ACM Neto, que implantou o Castra Móveis, e logo depois a Kombicho, um outro projeto dedicado aos animais de estimação. Além disso, ele participa com frequência de encontros com ativistas da causa animal.
O que podemos tirar dessa polêmica é que o senhor, com certeza, vai dar atenção a causa após ter visto a repercussão da notícia. É bem capaz de amanhã ter dois castra móveis circulando pela cidade, afinal, as eleições estão chegando, mas isso não é ruim, com tanto que faça. Se o senhor acha que divulgar fatos reais, a favor da população, é ser uma mídia tendenciosa, então vamos continuar sendo essa mídia, defendendo os interesses da população, não os seus. Sabe por que temos uma grande audiência? Um dos portais mais acessados do Estado? Porque Sergipe está carente de uma mídia livre, sem vínculo com qualquer político que seja. Esperamos que o senhor melhore, mude o seu conceito, mude a forma de se expressar. A culpa é da sua gestão, não é uma notícia inventada, reconheça o erro, e não inicie uma guerra com os meios de comunicação. Prefeito, errar é humano, divulgar uma nota fazendo parecer que não foi um erro ter vetado e chamar os meios de comunicação que divulgaram a informação de "Mídia Tendenciosa" mostra o quanto amador o senhor é. Errou e feio!

"Decepcionado com o veto"
Dr. Emerson

Conversamos com o vereador Dr. Emerson, responsável pelo Projeto.
O Projeto de Lei 063/2013 foi aprovado no final da gestão anterior, e quando começou a gestão de João Alves ele vetou 14 projetos que tinham sido aprovados na Câmara. "Assim que foi lido o veto na Câmara, eu liguei para a secretária e pedi uma audiência com ele, e fomos lá conversar, quando a gente foi lá conversar, ele se dizendo até que era favorável a causa animal, que defendia, eu cheguei e disse: Pois é prefeito, eu vim conversar com o senhor, justamente sobre o veto. Ele explicou que era problema relacionado com a questão da assessoria, que era muito papel, quando chegava lá ele não se detinha em realizar um estudo maior porque não tinha tempo. Palavras dele: O que é que a gente faz para corrigir tudo isso? Eu disse, olhe prefeito, o importante para mim é que isso seja aprovado porque eu sei da eficácia disso quanto política pública para a proteção e defesa dos animais. Tanto faz se for da minha autoria, da autoria do senhor, o senhor pode fazer um projeto e mandar para lá, pouco estou preocupado com a autoria, eu quero que esse projeto tenha chance de ser aprovado. Ele mandou eu dar andamento no processo, já que eu comecei, e disse que iria aprovar. Dei entrada novamente no projeto, mas foi vetado pela segunda vez", relata o vereador em entrevista para o Jornal de Sergipe.
O prefeito vetou o Projeto de Lei, mas a prefeitura pretende comprar o Castra MóvelO parlamentar recebeu a informação de que na próxima semana a Prefeitura de Aracaju comprará o castra móvel através de uma licitação. O prefeito é favorável a causa, mas vetou o Projeto de Lei por considerá-lo "Inconstitucional", e vai comprar um castra móvel por licitação sem ter aprovado o projeto (?).
Assista o vídeo do vereador falando sobre o assunto:


Leia mais Jornal de Sergipe