rogerNa manhã desta quinta-feira (19), o presidente estadual do PT em Sergipe, Rogério Carvalho, esteve na sede do partido conversando e despachando com assessores.

Ao tomar conhecimento de uma publicação em um blog da internet, de que ele “não apoiará o PT se o partido optar por Edvaldo”, Rogério reagiu bem humorado. “Respeito a liberdade de expressão, sou um ferrenho defensor dela, e digo apenas que opinião é opinião e fato é fato. Não irei polemizar com a opinião de veículos, nem de pessoas. Os fatos são os fatos, e as opiniões são livres”.

Rogério também afirmou que o processo eleitoral de 2016 está sendo conduzido com maturidade e equilíbrio dentro do partido, inclusive com reunião já definida pelo presidente do diretório municipal de Aracaju, vereador Emmanuel Nascimento, para o próximo dia 1º de junho. “Tenho dito em várias entrevistas que o mais importante é termos um candidato competitivo e um programa que devolva Aracaju aos aracajuanos, que devolva aos aracajuanos os bons tempos em que a cidade era bem cuidada e isso será atingido com diálogo e respeito a todos que compõem nosso bloco. Não estamos sozinhos nessa tarefa. Somos um bloco e vamos marchar juntos com o governador”.

Sobre os boatos de que o PT estaria “à reboque” do governador Jackson Barreto, novamente o presidente do PT mostrou bom humor. “Como à reboque se somos aliados? O fato de respeitarmos a liderança do governador e de todos que compõem nosso bloco nos coloca em uma situação de um partido que respeita seus aliados e quer discutir o futuro de Aracaju de forma conjunta, não individual, por isso, assim que o PT tiver uma definição com suas instâncias e forças políticas, sentará com o governador, sim, para apresentar a decisão do partido. Algo absolutamente normal. Não estamos à reboque, mas também não passaremos por cima da liderança do governador Jackson Barreto”, finalizou Rogério.

Fonte: Ascom PT/Se

O post Presidente do PT diz que o partido não está “à reboque” do governador apareceu primeiro em Imprensa 1.

Via Imprensa1.com