Nesta sexta-feira (10) está sendo realizado no Fórum Gumerssindo Bessa, em Aracaju, o julgamento de um homem acusado de matar a esposa no dia 24 de abril de 2008. Segundo as investigações, a vítima foi jogada no rio Sergipe, no Centro de Aracaju.

saiba mais

O acusado já foi condenado em abril de 2012, em virtude do aborto sofrido pela esposa ao ser assassinada, mas não pela morte dela. Mas o Ministério Público Estadual recorreu e agora ele está sendo julgado pelo assassinato.

“O julgamento de hoje é referente a um homicídio triplamente qualificado e também pelo crime de aborto. Pois na época ela estava gestante. E para tentar corrigir um equívoco no julgamento anterior. Já que não é possível uma pessoa cometer o crime de aborto sem ter responsabilidade pela morte da mãe”, destacou o promotor de Justiça Rogério Ferreira.

Ainda de acordo com o promotor, existem provas de que o acusado não aceitava a gravidez da mulher e que tinha intenções de romper o relacionamento.

.


Leia mais no G1 Sergipe