Comunidade online de nóticias do estado do Sergipe Brasil

Falso leilão: PC alerta para golpe que vem sendo aplicado em Sergipe

O nome do site já acende o alerta e confirma o golpe do falso leilão virtual, que vem sendo praticado em diversos estados e também em Sergipe. Com o nome de “Leilão do Estado do Sergipe Oficial”, estelionatários construíram o falso portal na internet e fizeram a divulgação fraudulenta de supostos produtos que estariam em leilão. Assim, os criminosos chamam a atenção das vítimas e fazem o cadastro, inclusive fornecendo dados pessoais, e efetuam o lance no falso leilão.

A Polícia Civil alerta que, em seguida, o estelionatário entra em contato por telefone ou WhatsApp com a vítima, informando que ela foi a vencedora do certame, tendo arrematado o produto pelo valor do lance ofertado. O criminoso indica uma conta bancária, geralmente aberta em outro estado, que, supostamente, pertenceria ao leiloeiro, na qual deverá ser feito o depósito do valor referente à aquisição do bem.

Desse modo, a Polícia Civil orienta que as pessoas sempre desconfiem de ofertas que sejam muito vantajosas e que fiquem atentas ao endereço do site, que, geralmente, não são registrados no Brasil, não possuindo o domínio “.br”. Além disso, a utilização de números de telefone com DDD 79, ou números 0800, não é garantia de confiabilidade.

A instituição também destaca que as pessoas confiram pessoalmente o produto que pretendem arrematar e que desconfiem se não houver disponibilidade para visita aos lotes. É fundamental também verificar o endereço físico informado no site. A retirada do bem deverá ser feita pessoalmente.

A Polícia Civil ressalta que é preciso atenção ao “recibo do arremate” ou “nota de venda em leilão”, que devem ser fornecidos ao arrematante antes de ser efetuado o pagamento. Assim, é preciso verificar os dados de identificação do leiloeiro ou da empresa de leiloaria. Confira na Junta Comercial se o profissional está realmente credenciado para exercer a atividade –  https://www.jucese.se.gov.br/index.php/leiloeiros/.

Além dessas orientações, a Polícia Civil orienta que não se deve efetuar depósitos em contas bancárias em nome de terceiros. O pagamento do lance deve ser efetuado através de depósito na conta bancária em nome do leiloeiro ou da empresa de leiloaria.

Outra importante dica para evitar ser vítima do golpe é a verificação da agência bancária, através de uma simples consulta em uma ferramenta de busca, como o Google. Ao pesquisar o nome do banco e o número da agência, é possível saber se aquela conta é de fora do estado. Além disso, o pagamento não deve ser efetuado até que haja provas contundentes de que os bens ofertados são reais. Em caso de dúvida, não se deve fazer nenhum pagamento.

A Polícia Civil orienta que, caso tenha sido vítima do golpe, a pessoa precisa reunir todas as informações sobre o crime, como captura de tela, mensagens recebidas, comprovantes de depósito, e registrar o boletim de ocorrência. O contato com a Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos pode ser feito através do e-mail [email protected] ou do telefone (79)3194-3101.

Fonte: SSP-SE

Veja mais no Portal Imprensa1.

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: