Em reunião realizada na manhã de hoje, 11, quinta-feira, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e a Associação Comercial de Sergipe, solicitaram da Polícia Militar o reforço policial para cobrir a área do Centro comercial da cidade, durante o período junino.

A reunião que ocorreu no Quartel General da PM, contou com as presenças de Brenno Barreto, presidente da CDL, Maurício Vasconcelos, vice-presidente da Acese, do Cel. Vivaldy, comandante da Polícia Militar e do major Barbosa, que será o responsável pelo comando do policiamento no Centro.

Brenno fez ver a necessidade de o reforço acontecer imediatamente, já a partir deste sábado, véspera do Dia dos Namorados, quando o comércio vai modificar seu horário, funcionando das 8 às 18h.

“Sabemos que, tal qual o final de ano, no período junino o Centro da capital recebe um maior número de pessoas e por isso queremos este reforço para garantir segurança a clientes e lojistas”, disse o presidente da CDL.

Trabalho no Domingo – Ainda neste mês, em 19 de junho, um domingo que antecede a semana do São João (23 e 24 de junho), o comércio vai abrir excepcionalmente das 9 às 15h, o que também foi motivo de pedido pelos representantes dos lojistas.

A Polícia Militar disse que adotará as medidas cabíveis para o atendimento ao pleito da CDL e Acese, além de mostrar, com dados, a ação da PM no final de ano de 2015, onde foi reduzido sensivelmente o número de assaltos e roubos na área do Centro de Aracaju.

Fonte: Por Elton Coelho

O post Comércio pede reforço policial para o período junino apareceu primeiro em Imprensa 1.