A matemática ainda não garante a Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia, mas já é possível comprar as passagens e reservar hotel para o Mundial de 2018.

Pela primeira vez sob o comando de Tite, o Brasil saiu perdendo, mas nem mesmo as místicas do estádio Centenário e da camisa do Uruguai foram capazes de acabar os 100% de aproveitamento brasileiro com o treinador. Paulinho fez três vezes, Neymar fechou o placar com um golaço e o Brasil venceu de forma categórica por 4 a 1.

Com 30 pontos, a vantagem do Brasil sobre o vice-líder Uruguai é de sete pontos. Além disso, desde que as eliminatórias sul-americanas começaram a ser disputadas neste formato, nunca um país ficou fora da Copa após atingir tal pontuação.

Depois de silenciar o Centenário, o Brasil espera fazer a festa contra o Paraguai, na terça-feira, em São Paulo.

A seleção brasileira dominou a primeira etapa e poderia ter ido para o vestiário em vantagem. O placar quase foi aberto aos três minutos, com o contra-ataque puxado por Neymar, que encontrou Philippe Coutinho e veio o cruzamento para o meio da área. Firmino não acreditou que a bola passaria pela marcação e a perdeu a primeira grande chance do jogo.

Apenas quatro minutos depois, veio o castigo. Após uma bola alçada para a área do Brasil, Marcelo tentou o recuo para Alison com o peito. Atento, Cavani se adiantou e obrigou o goleiro a fazer o pênalti. O camisa 21, artilheiro das eliminatórias, foi para a cobrança e colocou o Uruguai na frente.

Foi a primeira vez que o time de Tite saiu atrás no placar, mas o gol não abalou a equipe brasileira.

Homem de confiança de Tite, Paulinho respondeu, com gols, aqueles que questionam suas constantes convocações. Aos 18 minutos, o volante recebeu de Neymar e experimentou da intermediária. O chute saiu com endereço certo: o ângulo de Martín Silva. Um verdadeiro golaço para deixar tudo igual.

No segundo tempo, a virada veio com o jogador do mostrando que Guangzhou Evergrande tem cacoete de atacante, com faro de artilheiro. Roberto Firmino recebeu na área, girou sobre a marcação e finalizou. Martín Silva deu rebote e Paulinho estava lá para conferir e marcar o segundo dele e do Brasil no jogo.

E, depois de Neymar tentar “ofuscar” um pouco seu brilho, Paulinho fecharia o placar com estilo, completando cruzamento de Daniel Alves para fechar seu hat-trick com o peito. Uma exibição de gala, sem sombra de dúvidas.

Apesar de jogar em casa, o Uruguai não parecia nada a seleção que começou as eliminatórias de forma arrasadora, levando perigo apenas em cobranças de falta. O Brasil controlava a partida, tinha as melhores chances e chegaria ao terceiro gol de forma espetacular.

Aos 29 minutos, Miranda deu um chutão do campo defensivo. Mais veloz, Neymar ganhou de Coates e deu um toque de extrema categoria sobre Matín Silva. Mais um golaço brasileiro no Centenário.

Na sequência das eliminatórias sul-americanas, as seleções voltam a jogar na terça-feira. O Brasil vai receber o Paraguai em jogo que acontece na Arena Corinthians, em Itaquera, às 21h45 (de Brasília). Já o Uruguai viaja para encarar o Peru, em partida marcada para começar às 23h15.

Fonte ESPN

Bookmark e Compartilhe

Notícias Relacionadas:


Leia mais no Site do Autor