Manifestantes permacem na praça General Valadão (Foto: Tassio Andrade/G1)Manifestantes permacem na praça General Valadão (Foto: Tassio Andrade/G1)

Manifestantes se reuniram na Praça General Valadão, no Centro de Aracaju, desde as 15h30 desta sexta-feira (10), onde protestaram contra o presidente em exercício Michel Temer (PMDB) e em defesa dos direitos sociais e dos direitos trabalhistas. A programação cultural que contou com apresentações artísticas foi encerrada no início da noite.

Segundo o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT) em Sergipe, Rubens Marques o protesto atingiu o seu objetivo. "A meta era unir os movimentos sociais e formar uma massa única contra o governo Temer".
Os organizadores do evento não informaram o número de manifestantes. Já a Polícia Militar disse que montou um esquema de segurança para acompanhar a movimentação na praça e nas imediações, mas não vai informar números referentes ao evento.

Para o representante da Frente Brasil Popular, Tadeu Brito as manifestações devem ser retomadas. “Hoje estamos retomando as manifestações em todo o país. Agora contra Temer e pelo retorno da presidente Dilma”.
“Hoje é um ato nacional e nos somamos a luta de garantia por direitos dos trabalhadores. Queremos transformar o Brasil é um país justo. Vamos lutar por um governo que seja constituído pelos movimentos sociais e pelo povo brasileiro”, destacou o representante do MST em Sergipe, Gileno da Macena.
Participam da manifestação representantes do Movimento Sem Terra (MST), Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Sergipe (Sintese), Levante Popular da Juventude, Motu e (União Geral dos Trabalhadores) e Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Manifestantes acompanham shows (Foto: Tassio Andrade/G1)Manifestantes acompanham shows (Foto: Tassio Andrade/G1)Concentração está sendo realizada na Praça General Vadadão (Foto: Tassio Andrade/G1) Praça General Vadadão é palco de protesto (Foto: Tassio Andrade/G1)Praça é ocupada por manifestação em Aracaju (Foto: Tassio Andrade/G1)Praça é ocupada por manifestantes em Aracaju (Foto: Tassio Andrade/G1)Homem sobre em árvore durante protesto (Foto: Tassio Andrade/G1)Homem sobe em árvore durante protesto (Foto: Tassio Andrade/G1)

Leia mais no G1 Sergipe